SEJA BEM VINDO, AMIGO (A)*****************ESTE É O BLOG: MIGUEL JR ARTS*************************************************************************************************************************SEJA BEM VINDO, AMIGO (A)*****************ESTE É O BLOG: MIGUEL JR ARTS*************************************************************************************************************************
Contador Grátis Miguel Souto: 'PRÓXIMA B' - NOVO EXOPLANETA SEMELHANTE À TERRA ENCONTRADO

Quem sou eu

Minha foto

Radialista, nascido em Aracaju-Se, estudante de administração, amante da astronomia - vê na Ciência/Cosmologia o meio para a resposta da maioria das grandes questões. Compositor que também desenha, e além disso, escreve roteiros e cria outras coisas. Ateu, empático, pacifista. Apaixonado por rock, música eletrônica e filmes, sobretudo de ficção. Autodidata, obsecado por conhecimento.

MINHAS ANIMAÇÕES

Loading...

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

'PRÓXIMA B' - NOVO EXOPLANETA SEMELHANTE À TERRA ENCONTRADO

CONCEPÇÃO ARTÍSTICA EXOPLANETA
FONTE: ANALYSIS

Em uma das três estrelas no sistema Alpha Centauri, a Próxima Centauri - anã vermelha com 14% do diâmetro do Sol, localizada a 4,25 anos-luz - foi descoberto o Próxima b, novo exoplaneta com características similares ao nosso, sendo o mais próximo da Terra potencialmente habitável. 

Guillem Anglada-Escudé, pesquisador barcelonês da Universidade Queen Mary, em Londres, juntamente com sua competente equipe notaram a sua presença indiretamente, utilizando a técnica do efeito Doppler, detectando uma oscilação fraca no espectro de luz da Proxima Centauri, que se aproximava e se afastava da Terra a cada 11,2 dias.


Ele possivelmente é rochoso, tem massa de cerca de 1,3 vezes a da Terra, translação de apenas 11 dias e orbita a 7,5 milhões de quilômetros de Próxima Centauri. Proxima b tem uma "trava gravitacional", uma face sempre exposta para sua estrela e a outra na sombra. Se houver uma atmosfera, a temperatura pode variar de menos 30 graus Celsius no lado escuro e 30 graus Celsius no lado da luz.


Embora muito próximo de sua Estrela-Mãe, oito vezes mais próximo que Mercúrio do Sol, Próxima b está na zona habitável, pois a luz emitida por Próxima Centauri é bem inferior a do Sol. O Exoplaneta sofre de fluxos de raio-X aproximadamente 400 vezes maiores do que os que recebemos aqui na Terra, o que eliminaria sua atmosfera. Porém, segundo cientistas, depende de como e quando o planeta foi formado.


Essa é uma notícia astronômica surpreendente e promissora. No sistema de nossa vizinha Estelar há a possibilidade de encontrarmos um planeta com água líquida e até vida. Já temos portanto uma missão, quando efetivamente lançarmos no espaço sondas robóticas para Exoplanetas. 


O problema é a distância. Mesmo na velocidade da luz levaríamos 4,25 anos para alcançar Próxima b, mesmo viajando a incríveis 300 mil quilômetros por segundo. Lembrando que a luz percorre em um ano 9,46 trilhões de quilômetros, logo precisa cobrir a gigantesca distância de 40,205 trilhões de quilômetros.


Para termos uma noção dessa distância e da necessidade de novas tecnologias na exploração interestelar vamos fazer uma rápida análise: Recentemente a nave Juno ao se aproximar de Júpiter, atraída pela sua gravidade, atingiu a velocidade de mais de 250 mil km/h, entrando para o Guinness. Se enviássemos hoje, nessa mesma velocidade, uma sonda robótica para Próxima b, quanto tempo duraria a jornada? Depois de alguns minutos de contas simples (250 mil/h, 6 mil/dia, 180 mil/mês, 2,160 milhões/ano, 2,16 bilhões/mil anos etc) e muitos zeros, cheguei ao resultado aproximado: 19 milhões de anos!


Temos portanto um enorme desafio a ser superado para podermos explorar esse vasto e surpreendente Oceano Cósmico em busca de vida e/ou de novo lar para nossa espécie!



Texto e pesquisa:

Miguel Jr Arts 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo(a), sua opinião é relevante. Esse espaço é todo seu. Críticas, retificações ou ratificações são sempre bem vindas. Não utilize, porém, palavrões ou depreciações. Obrigado.