SEJA BEM VINDO, AMIGO (A)*****************ESTE É O BLOG: MIGUEL JR ARTS*************************************************************************************************************************SEJA BEM VINDO, AMIGO (A)*****************ESTE É O BLOG: MIGUEL JR ARTS*************************************************************************************************************************
Contador Grátis MIGUEL JR ARTS

Quem sou eu

Minha foto

Radialista, nascido em Aracaju-Se, estudante de administração, amante da astronomia - vê na Ciência/Cosmologia o meio para a resposta da maioria das grandes questões. Compositor que também desenha, e além disso, escreve roteiros e cria outras coisas. Ateu, empático, pacifista. Apaixonado por rock, música eletrônica e filmes, sobretudo de ficção. Autodidata, obsecado por conhecimento.

MINHAS ANIMAÇÕES

Loading...

terça-feira, 3 de março de 2015

SÉRIE FOREVER - CRÍTICA

Forever
Fonte: Warner


Dados tecnicos:

Essa série americana do Canal ABC, criada por Matthew Miller, estreou em setembro de 2014.

No Brasil, ela é exibida pelo canal Warner.
Serão 22 episódios só na primeira temporada.


Sinopse:


Henry Morgan, um famoso médico-cirurgião de Nova York, é imortal e tem 200 anos de idade. Quando chegou aos 35, ele morreu pela primeira vez, e mesmo eventualmente falecendo, sempre renasce. Trabalhando ao lado de sua parceira, a detetive Jo Martinez, ele busca explicação e reversão de sua imortalidade, enquanto sabiamente soluciona complexos crimes.


Crítica:

Eis que o "Senhor Fantástico"/"homem elástico" do Filme "Quarteto Fantástico" resurge. Reconheci imediatamente o ator Ioan Gruffudd, que mesmo não sendo nem um pouco elástico, mantêm habilidades super-humanas.

Eu não sabia, mas ele participou do filme Titanic, fazendo o papel do oficial Harold Lowe, dentre outros.

A série é interessante, pois mescla dois gêneros distintos: policial e ficção. É uma mistura de Sherlock holmes, CSI Investigação Criminal (confira aqui a belíssima e cara abertura da Temporada 10) e um super herói qualquer tímido e recluso. Claro: ele não salva vidas, mas é imortal e tenta manter tal segredo.

Diferente de Sherlock holmes, a série não apresenta gráficos nas cenas de elucidação ou análise técnica de crimes. Na minha opinião, deveria, pois traz elegância e criatividade, além de auxiliar a narrativa. Exemplo: em um episódio, Henry comenta sobre um sujeito que se jogou de uma ponte, alegando que é uma das piores mortes possíveis (no impacto com a água, a bacia se rompe e os fragmentos afiados de ossos rasgam intestinos, estômago e até pulmões). Nesse momento poderiam exibir tais rompimentos etc.

Apesar de seguir a rotina de um legista, a série é leve - até demais. Há momentos em que são exibidos os cadáveres, mas em sua maioria de longe, de perfil, cobertos parcialmente, desfocados, limpos em excesso. Suponho ter sido uma estratégia para diminuição da faixa etária. Pra mim, um ponto negativo. Deveriam mostrar a mesa de autopsia repleta de sangue, cadáveres (ou bonecos) com genitália exposta, abertura de crânios com serra. Impressionante como o avental do Henry está sempre limpo e impecável!

O ator Gruffudd apresenta em tela, carisma, segurança, inteligência e até um pouco de solidão, dada sua habilidade e necessidade de discrição. 

Henry é muito preocupado com seu segredo, tanto que sempre torcemos para 
a Detetive Jo Martinez (Alana de la Garza) descobri-lo. Ela as vezes chega bem próximo. Mas só. Mesmo após ouvir problemas íntimos da detetive e esta oferecer-se para ouvi-lo como amiga confidente, Henry não cede. Continuamos na torcida.

A atuação dos dois é bem legal, mas a relação é pálida e bem técnica. Já que ela é viúva e Henry também, poderia rolar um relacionamento conturbado ou pequenas e finas camadas de amor contido, mas não há.

A relação de Henry com Abe (Judd_Hirsch), seu melhor amigo e filho adotivo, resgatado em um campo de concentração é muito boa. Os dois em cena transmitem muita intimidade e espontaneidade. Por vezes as partes cômicas são aplicadas nos diálogos deles, o que é maravilhoso.

Uma das qualidades intocáveis da série é sua trama técnica - criminal. Os casos, novos a cada episódio, são complexos, detalhados, apresentando reviravoltas impressionantes. O alto nível de sensibilidade, precisão e conhecimento forense do personagem principal é inebriante, estimulando nossa curiosidade sempre.

Não há ação na série, e se há, é muito pouco. Raramente há perseguições ou tiroteios. E quando há, quase não vemos sangue sendo jorrado. Esse é mais um ponto negativo.

Há na história um outro personagem com a mesma maldição ou habilidade, e inclusive Henry torna-se sua vítima, aumentando seu ódio. Porém, até o momento  - assisti até o episódio 14 -, não sabemos como ambos adquiriram o poder da imortalidade. Objeto alien, artefato espiritual, excepcional acidente químico circunstancial: não sabemos o que promoveu tal dom. Essa pequena lacuna no roteiro, acredito, proposital, deve ser revelada e convincentemente. Provavelmente descartarão questões espirituais frágeis.

Apesar da falta de efeitos visuais em cenas de crimes, falta de porrada, colisões de veículos e classificação indicativa baixa, não apresentando cadáveres com intestinos expostos ou sangue lançado no avental e na tela, é uma boa série policial e, sobretudo, investigativa, com pequenos elementos de ficção e temas reflexivos existenciais - basta nos deleitarmos nas narrações iniciais ou finais do simpaticíssimo personagem principal.

Texto e pesquisa: 
Miguel Jr Arts

domingo, 22 de fevereiro de 2015

VIDEO "MUDE HÁBITOS"

Esse foi o terceiro e último vídeo que produzi exclusivamente para uma chamada do "Conta pra mim", do Itsnoon, falando ou mostrando mais uma vez sobre como junto dinheiro. 


Desligar a lâmpada, fechar a torneira, trocar aquele lanche da tarde de R$ 5,00 por algo saudável e barato como uma maçã. 

Outro exemplo? Ir naquele restaurante toda semana, cinema etc. Se não quer deixar muito o lazer de lado, diminua-o. Antes disso, claro, anote todos os gastos no papel e esqueça o supérfluo. No final do mês você percebe uma super economia.

Título: Mude Hábitos.
Descrição: Gestos diários, pequenas mudanças e grandes economias mensais.

Utilizei imagens da primeira gravação (Conquistar mais), bem como outras não inclusas pelo tempo limitado de meio minuto. Criei a trilha no FL Studio e no M. Music Maker.

O resultado ficou bem legal e criativo com a sincronia. 

A linguagem é pura e propositalmente visual, cabendo ao expectador o significado. Acredito que transmiti uma mensagem simples de economia, através de escolhas financeiras rotineiras com consequente aumento de rentabilidade.

Agora esperar.

Thanks

ITSNOON - DÉCIMA NONA ILUSTRAÇÃO

"O que você vai fazer para prosperar em 2015?" - proposta do Itsnoon. Essa é a segunda arte digital que envio para a chamada.


O que quero fazer? Eliminar dívidas, me livrar desse peso enorme e continuar subindo os degraus do sucesso. Simples assim. Tal tarefa, porém é árdua, considerando ainda que pretendo adquirir uma bela Smart Tv, dentre tantos atrativos tecnológicos. (Risos)

Optei por uma arte simbólica, intimista, estilizada. Adorei. 

Título: Peso dívidas
Descrição: Em 2015, jogar esse peso enorme de dívidas e percorrer cada degrau.

Tudo foi feito no Corel. Photoshop? Apenas pra regular contraste e diminuir tamanho.

Será que escolherão as minhas duas ilustrações? Uma já tá de bom tamanho. 
Torcendo.

Thanks.

domingo, 15 de fevereiro de 2015

VIDEO "CONQUISTAR MAIS"


Esse foi um video que produzi exclusivamente para o "Conta pra mim", do Site Itsnoon falando sobre como junto dinheiro. Utilizo economia e hobby. Reduzo os gastos, e invisto em alguma atividade nas horas vagas pra conseguir renda extra. É recomendável também aplicar dinheiro na poupança.


Foram duas semanas de exaustiva produção. Todo trabalho teve de ser comprimido em apenas 30 segundos. Esse video duraria tranquilamente 1 minuto, mas mesmo com "dores", tive que cortar.

Algumas tomadas ficaram de fora. Por exemplo: ao comentar sobre "trocar o lanche da tarde por algo barato e saudável", eu mostraria um hambúrguer e uma maçã, mas mesmo após preparar tal prato e filmar, tive de descartar. Há outras como retirando cabos de tomadas, desligando aparelhos etc.

Utilizei no ângulo frontal a boa câmera FinePix S8200 Fujifilm FullHD 16M (emprestada de uma amigo) e lateralmente, a do meu celular L5. Após fazer uma tomada de quase 10 minutos constatei que a qualidade ficou baixa por causa da falta de iluminação. No dia seguinte, consegui com ajuda do meu pai inserir duas lâmpadas presas a cavaletes. 

O resultado ficou bom. Poderia ficar melhor? Sim, caso eu conseguisse mais lâmpadas. Como a maioria dos diretores de filmes sabem: "iluminação é tudo". Não é possível você fazer um ótimo trabalho de edição se as imagens vieram sem luz.

Contei com a ajuda de meu pai (manipulação elétrica e lâmpadas e câmera na tomada do carro), minha irmã (com belíssima participação no final), dois amigos (o que emprestou a câmera e o que cedeu o veículo) e minha avó (que permitiu fazer tomadas na casa dela). Muito obrigado a todos, inclusive aos que incentivaram, como minha mãe.

Não houve gastos com o cenário, mas muito trabalho para organizar os objetos. O fundo que você vê são as pareces da sala. A câmera principal ficou sobre livros numa estante comum, e o celular, em uma pequena mesa lateral um pouco inclinado. Os cavaletes com as lâmpadas ficaram nas laterais e a frente (um de cada lado).

Opto preferencialmente em ficar atrás das câmeras, como o fiz na animação "Dicas de economia", mas a curadoria do Its deseja assistir a histórias reais contadas por pessoas reais. Abri essa exceção para ter maiores chances de ganhar os R$ 1.000,00. Falando nisso, a seleção é no dia 10 de março.

Programas utilizados: Magix Music Maker, FL Studio, Sound Forge 8, Sony Vegas 10.

Há, tudo nesse video é original, até a trilha sonora. 

Serão 10 videos escolhidos. Acredito que estarei entre estes, em decorrência da originalidade, criatividade e produção.  

Falando sobre seleção, me surpreendi negativamente com a escolha da curadoria na chamada da Globo "50 anos". Elegeram seis artes que, mesmo com suas respectivas qualidades, pessoalmente, poderiam ser substituídas por outras. Haviam trabalhos impressionantes e belos como o do amigo "Braga" que não foram reconhecidos. Alguns nem receberam a menção honrosa, incluindo o(s) meu(s). Em todo caso, parabéns aos escolhidos, a globo e Its. Continuaremos a compartilhar produções e idéias.

Obrigado.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

NOTÍCIA SOBRE MOTOR QUÂNTICO É FALSA


Surgiu na internet em vários sites a notícia de que o cientista Vladímir Leónov realizou com sucesso, testes num motor quântico experimental revolucionário. Cheguei a publicar aqui no blog, nesse artigo, parte das informações. Porém, após mais pesquisas, constatei que, infelizmente, exceto pela existência do cientista, o teste não procede.

Em todo caso, preservarei esse artigo, reeditando, pois me custou algum tempo para analisar dados sobre a Cassini e Voyager, além de calcular suas velocidades e tempo.

Quanto ao motor, que ainda não foi testado, a matéria alegava que ele decolaria verticalmente, e pesaria somente 54 kg, alcançando um impulso de 500 a 700 quilogramas-força, utilizando 1 kW de potência. Supostamente atingiria a aceleração de 10 a 12 G. Como explicou muito bem o site E-Farsas, não é verdade. 

Nave futurista
 Imagem origem: HDS

Atualmente, com a perigosa e pesada propulsão química, os foguetes atuais viajam a cerca de 18 Km/s ou 64.800 Km/h. 

Analisando as velocidades de deslocamento e duração de viagens

 Voyager 1
Imagem origem: NORTH

A sonda Voyager 1, lançada em 1977, que saiu da heliopausa, zona fronteiriça do Sistema Solar, para entrar no espaço interestelar, se desloca a cerca de 17 Km/s ou 61.200 Km. Há sites que afirmam que ela viaja a 45 ou mesmo 55 mil Km/h. Vale lembrar que a Voyager utilizou o recurso de assistência gravitacional, ou gravidade assistida, aumentando sua velocidade.

A Voyager estava em 2013, a cerca de 19 bilhões de Km da Terra. Uma foto capturada por ela e enviada para a Terra, mesmo na velocidade da luz,  chegaria 17 horas depois. 

Cassini
Fonte imagem: COMMONS

A Cassini foi lançada em 15 de outubro de 1997. Cinco meses depois recebeu um impulso extra de Vênus, aumento de velocidade de 7 km/s. Passou por ele de novo, e pela Terra, recebendo um incremento de 5,5 km/s em velocidade. A velocidade da sonda foi de 67,860 km/h.

Em 30 de dezembro de 2000 passou por Júpiter. Em 2004 chegou em Saturno, sua principal meta. Em  14 de janeiro de 2005 a Huygens entrou na atmosfera de Titã e aterrissou suavemente na superfície aproximadamente 2 horas depois. 

Resumindo: A Voyager 1 levou cerca de 36 anos para atingir 19 bilhões de quilômetros do Sol. A Cassini levou aproximadamente 6 anos pra atingir Saturno, cerca de 1,3 bilhão de Km. Muito tempo, mesmo com os incríveis 67 mil Km/h. 

Pra você ter uma ideia dessa hiper velocidade, é como se saíssemos de Aracaju - Sergipe e chegássemos em Portugal - Lisboa em apenas pouco mais de 7 minutos e meio! A viagem de 9.500 Km de avião dura 12 horas!

Segundo a matéria seria possível  chegar em Marte em 42 horas e apenas 3,6 horas para alcançar a Lua. Lamentavelmente não é verdade.

Quem sabe, quando efetivamente criarmos um motor quântico funcional, e antes de 2050, poderemos tirar uns selfies nos anéis de Saturno ou mergulhar nos oceanos de Europa ou esquiar em Titã (talvez exagerei um pouco). 

A vantagem é que, quanto a Marte, não ficaremos 9 meses sob efeito nocivo da micro gravidade, perdendo massa  óssea etc. Serão apenas alguns dias ou semanas, a depender do sistema de propulsão.

Minha preocupação é quanto a força G. Pessoas comuns suportam tranquilamente 5G, já os militares treinados podem encarar até 9 G ou mesmo 10 G, porém em curto espaço de tempo antes de perder a consciência. Um "estabilizador de inércia" (termo que criei em meu roteiro "2118 - Recomeço" para anulação interna de velocidade, resolveria o problema. Vamos aguardar.

Em tese toda informação na internet deve ser reavaliada e verificada sua autenticidade. Quando está divulgada em grandes sites, as vezes somos induzidos a acreditar, o que ocorreu. 

Esperamos que uma notícia similar ocorra em breve, porém com provas reais.


 Texto e pesquisa:
Miguel Jr Arts

Fontes adicionais Wikipedia 
WP 
 

sábado, 31 de janeiro de 2015

ITSNOON - DÉCIMA OITAVA ILUSTRAÇÃO

"O que você vai fazer para prosperar em 2015?" - essa é a proposta da chamada lançada pelo Santander no site Itsnoon. Serão 100 selecionados com remuneração de R$ 100,00 cada. Acredito que estarei entre os 100.

Título: SEMEANDO 2015
Descrição: Vamos poupar, plantar sementes (dinheiro) com auxílio de um ótimo regador (Instituição financeira).

Tentei fazer um garoto o mais estilizado possível, diferente de tudo que já fiz. O formato do crânio, tamanho dos pés e mãos desproporcionais ao corpo etc. Inicialmente pensei em colocá-lo depositando em um porquinho, mas essa ideia é arcaica. Por que não 'plantar' uma moeda, adicionar uma pequena árvore de dinheiro? 

Por fim, para dar um charme adicional e um sentido claro e objetivo na mensagem visual, o regador com a logo do Santander. Claro, é necessário homenagear a empresa que possivelmente nos reconhecerá.

Acredito que ficou criativo, original (já vi por aí plantas de dinheiro, mas não regador, nem uma criança plantando moeda dessa forma). Aguardando agora o resultado, em 01 de abril de 2015. Talvez farei um outro. Temos limite de 3 ilustrações.

Mais uma arte digital pro Itsnoon.

Obrigado.

Texto e imagens:
Miguel Jr Arts

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

ANIMAÇÃO DICAS DE ECONOMIA

Dicas divertidas e humoradas pra você economizar. Corte gastos, abra uma poupança, planeje.





Animação reformulada, exclusiva para a chamada "Mande um vídeo contando como vc junta dinheiro" da Plataforma Conta Pra Mim (Itsnoon). Em HD. 

Serão 10 vídeos escolhidos com R$ 1.000,00 ofertados para cada. Seleção em 06 de março.

Animação feita no Flash, editada no Vegas, com auxílio do Corel e Photoshop (para criação dos textos).

No geral, ficou bem mais interessante e criativa que a primeira. Embora com duração de 30 segundos (ou 31), dá para ler tranquilamente. Espero obter êxito.

Thanks.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

REGISTRO DE PINTURA E MAIS

No inicio dessa semana chegaram, pelos correios, os últimos materiais de pintura: duas telas 40X100 e dois cavaletes. Os produtos foram comprados na recomendadíssima loja "Fonte de Arte".

Cavaletes
Imagem: Miguel Jr Arts

Para quem adquiriu ou adquirir cavaletes como esse, e tiver dificuldades na montagem, já que vem "dobrado", basta assistir o vídeo explicativo da Fonte de Arte no Youtube. Me ajudou bastante. Parabéns aos organizadores. A propósito, os materiais enviados pela loja são de alta qualidade e os funcionários os embalam criteriosamente. 

Já poderia começar a pintar, porém, o farei apenas após a viagem a praias locais. Pretendo transmitir para as telas as sensações de momentos vividos e congelados no tempo. Claro que irei utilizar além de imagens próprias, imaginação e referências de fotos aleatórias de praias exóticas (já que não terei grana para visitar, por exemplo, Fernando de Noronha), mas iniciarei os trabalhos somente após experiências.

Quanto ao registro, descobri que a Instituição que realiza esse trabalho é a EBA - Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro. Há uma série de critérios no regulamento, mas basicamente você preenche formulários, tira 3 fotos da obra, e as envia junto com cópias de documentos. O valor unitário é de R$ 120,00. Salgado, né? Entretanto, vale a pena, considerando a segurança autoral e imortalidade artística.

Não tenho certeza, no momento, se irei registrar todas as obras, ou mesmo algumas. Estou reavaliando essa possibilidade, sobretudo pelo aspecto financeiro. Já investi nesse projeto cerca de R$ 1.000,00 e só pra registrar 10 telas precisaria de R$ 1.200,00. Mas como disse, vale a pena.

Há, não posso ser considerado artista plástico, como pensei, mas um pintor. A diferença básica é a formação acadêmica. Em todo caso, meu objetivo, como já comentei, é um espaço para divulgação artística e reconhecimento do público. Dinheiro? Pode surgir, por consequência, mas não é minha meta.

O que falta agora? Esboçar a ideia das futuras fotos, viajar, tirar fotos e pintar.
Acredito que assinarei as telas como "Miguel Souto", em homenagem a minha mãe, Maria J. Souto C.. Poderia escrever o sobrenome "Cruz", já que tecnicamente é meu, mas a outra escolha é por uma nobre causa, além de ser mais atraente. A arte nos dá essa liberdade. 

Sabia que meu nome seria "Wesley Michel Souto Cruz", caso meu pai não empregasse em registro seu próprio nome? Sim, não acho meu nome belo, mas já me adaptei.

No próximo artigo sobre artes plásticas já trarei imagens de minhas produções com temática marinha, registradas ou não.

Agora mãos à obra.

Obrigado.


Texto:
Miguel Jr Arts